01 September 2009

Prioridades do Bloco de Esquerda para o distrito do Porto

São quatro as grandes prioridades do Bloco para o distrito do Porto:

1 - Emprego

Prioridade à criação de emprego, orientando o investimento público para as obras de requalificação das cidades, a expansão dos serviços sociais, a modernização das empresas e o apoio à produção agro-alimentar e ao sector das pescas. Defesa dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras. Combate à precariedade.

2 - Combate à Pobreza

Aumento das pensões e sua convergência com o salário mínimo, alargamento dos critérios de atribuição do subsídio de desemprego, aumento do salário mínimo para 600 euros, aumento de 20% das vagas em centros de dia, lares, berçários e apoio domiciliário.

3 - Médico de família

Para cada utente ou família residente no distrito, com garantia de assistência no próprio dia.

4 - Rede de creches e infantários públicos

Para promover a igualdade de oportunidades e que compatibilize o seu funcionamento com os horários dos pais.


Os candidatos do Bloco de Esquerda pelo círculo eleitoral do Porto apresentam ainda 12 Compromissos.

1.Regionalização: um poder regional eleito que defenda a região quer do centralismo quer do caciquismo ou das clientelas do PS e do PSD.


2.SCUTs: não às portagens nas A28 Porto-Viana, A42 Porto-Lousada e A29 Gaia-Mira.

3.Metro concluir linhas da Trofa, Gondomar e Gaia e construir as circulares do Porto, Matosinhos e Gaia (zonas ocidental e oriental).

4.Ferrovia: aproveitamento e reabilitação das infraestruturas existentes e aposta em novas linhas, incluindo Porto-Vigo.

5.Aeroporto: não à privatização da ANA e consolidação de Pedras Rubras como primeiro aeroporto do noroeste peninsular.

6.Despoluição do Douro e de outras bacias hidrográficas para permitir o seu aproveitamento integral.

7.Novo hospital Porto Nordeste, para servir as populações de Gondomar, Maia e Valongo.

8.Rede de centros de acolhimento temporário para situações de emergência social.

9.Combate à Violência Doméstica e a todas as discriminações: agilização dos procedimentos policiais e judiciais e reforço do apoio às vítimas.

10.Cultura: 1% do OE para a cultura e equilíbrio na sua distribuição regional. Criação da Cinemateca.

11.Ciência e tecnologia: programa plurianual de financiamento de centros e institutos de investigação (universitários ou empresariais). Criação do Centro de Estudos do Mar.

12.Plano especial de combate à sinistralidade rodoviária (trinta mil vítimas e mais de quatrocentos mortos nos últimos 4 anos, no distrito).

PROPOSTAS SÉRIAS CONTRA AFIRMAÇÕES MENOS SÉRIAS



O Bloco de Esquerda apresentou uma série de propostas com vista a contribuir para a ultrapassagem da crise económico-financeira e social que empobreceu o nosso país, arrastando-o, em conjunto com o resto do “paraíso capitalista”, pela insensatez da economia de casino, mas também, pela incapacidade dos diversos governos que temos tido.
Estas propostas visam promover a JUSTIÇA NA ECONOMIA.

Propomos politicas de igualdade para responder à crise e para combater o desemprego:

01.Proibição de despedimentos colectivos em empresas com lucros.

02.Impedir o pagamento de dividendos aos accionistas de empresas que receberam subsídios ou benefícios públicos.

03.Direito à reforma aos 40 anos de trabalho , sem penalizações.

04. Aumento das pensões e do salário mínimo ( para chegar aos 600 Euros em 2 anos).

05. Subsidio para todos os desempregados.

06. Imposto sobre as grandes fortunas para financiar a Segurança Social.

07. Limitação soa contratos a prazo ao máximo de 1 ano e fim dos falsos recibos verdes.

08. Nacionalização do sector energético, GALP e EDP.

09. Politica publica para garantir a banca ao serviço da economia.

10. Reduzir o horário de trabalho para as 35 horas semanais.
Estas são propostas, claramente, de esquerda sem tibiezas, sem compromissos com os interesses dos banqueiros e daqueles que têm acumulado lucros milionários, ao longo dos anos, com a conivência de todos os governos que nos têm “desgovernado”.

Mas estas são, igualmente, propostas exequíveis e, ao contrário do que afirmam os dirigentes do PS, não se trata de ataques àquele, mas, de propostas que o PS não tem tido a coragem politica de assumir, pois constituem um novo paradigma de exigência de justiça social.

É completamente demonstrativo de cegueira politica afirmar que votar no Bloco de Esquerda é o mesmo que votar nos partidos de direita, como faz Vital Moreira na sua necessidade de apresentar profissão de fé de recém-convertido.

No Concelho de Matosinhos temos assistido a uma incansável corrida às aprovações de novos empreendimentos, a maior parte dos quais, de duvidosa utilidade.

Soubemos que a garagem da empresa de transportes Resende vai ser retirada de junto da ponte de Leça, o que seria uma boa notícia, dado que uma recolha de camionagem no centro da cidade não faz sentido. No entanto, dizem-nos que irá ser instalada na chamada mata de Sendim, o que nos parece um crime ecológico.

Esse local deveria ser aproveitado para mais um pulmão verde no centro da cidade, com equipamento próprio para tal e devidamente cuidado para poder ser fruído pela população, já que se trata de uma das melhores vistas sobre o porto de mar.

Estudem-se outras alternativas de menos custos ambientais.

A defesa de valores ambientais não é fruto de alianças mais ou menos oportunistas, mas de tomadas de posição corajosas e exclusivamente viradas para os interesses da sustentabilidade do ambiente.

Temos vindo a chamar a atenção para a necessidade de valorizar o centro de Matosinhos, o seu comércio tradicional, como forma de impedir a degradação total daquela zona.

Queremos hoje alertar para a falta de iluminação pública, para a deficiente recolha dos lixos a para a conspurcação e mesmo destruição do piso em granito da Rua de Brito Capelo, causadoras de inúmeras quedas, nomeadamente, em pessoas de idade. É lamentável o estado em que se encontra aquela que foi a principal rua da cidade.



Ferreira dos Santos
Empresário
Candidato à Assembleia Municipal de Matosinhos pelo Bloco de Esquerda

No comments:

Visitas

Contador de visitas